Translate

domingo, 29 de novembro de 2009

PÁRA TUDO E OLHA ISSO!

Enquanto os "quadrilheiros da fé" saqueiam até o trízimo dos incautos, podemos asssistir Paul Washer em um vídeo altamente divulgado na internet (especialmente no Youtube), desnudando a verdade. Ele mostra que não existe Evangelho alternativo. Os adeptos do evangelicalismo de consumo e os fanáticos pela maldita teologia da prosperidade que se cuidem: Os profetas estão se levantando! Deus trará juízo sobre todos os que têm enganado a igreja com doutrinas de demônios e ludibriado os incrédulos com promessas que Deus nunca fez!

Muitos cristãos em todo o Brasil estão se alimentando de pregações que prometem salvá-los de suas dificuldades materiais, porém, estas mesmas pregações os mantêm cativos e escravos do diabo! Que Deus levante mais homens como este! Homens que não queiram apenas aplausos dos grandes públicos, e que sejam leais portadores de Sua mensagem! Maranata!- pr Aécio


sexta-feira, 27 de novembro de 2009

TRABALHO-CASA-IGREJA: A TRILOGIA DO MARASMO ESPIRITUAL

É possível viver além do cotidiano enfadonho e medíocre!

Trabalhando como pastor ao longo dos últimos 16 anos observo um comportamento extremamente passivo (e nocivo), vivido por cristãos não só da igreja que pastoreio, mas de todos os lugares onde ando. Infelizmente, isto é compartilhado por cristãos novos e veteranos e até muitos que são reconhecidos como “ministros” (ministros do quê?). O comportamento a que me refiro é aquele em que o indivíduo reduz sua experiência cristã a um círculo milimétricamente calculado e embasado na enfadonha e chata trilogia “trabalho-casa-igreja”. Ele trabalha o dia inteiro; chega em casa e assiste a alguns programas de TV e no fim de semana vai à igreja por mero desencargo de consciência. É possível encontrar aqui e acolá um ou outro que consegue maquiar sua vidinha medíocre através de pequenas ações benevolentes, favores ou até mesmo exercendo um ministériozinho desprezível (daqueles em que quando a pesssoa sai não faz falta nenhuma, sabe?) de fachada só para dar um “calaboca” no pastor e em quem mais precisar da reposta pronta mais miserável que conheço: “Só faço o que posso!”.
Descobri que mediocridade é uma doença! É uma doença no caráter daqueles que não tem coragem de encarar os desafios difíceis e vão se acomodando à tudo o que lhes causa apenas prazer, contentamento e autosatisfação. Mediocridade é um câncer que corrói a alma dos que não suportam ter que abrir mão do seu conforto e de suas preferências mais insignificantes; dos que não querem dar um passo além de suas convicções autocentralizadas e não estão dispostos a se sacrificar o mínimo possível por aquilo que não diz respeito a si mesmo e aos que lhes são chegados. Sei que o que vou dizer agora soa como oportunismo ou mero desabafo, mas poderia dar o exemplo pessoas que conheço que que arrastam um ministério ridiculamente fallido durante anos, só porque não quer dar um passo mais largo; conheço outros que cruelmente abandonam suas ocupações na obra de Deus em nome de algo que nem eles mesmo sabem explicar, mas eu sei: É porque optaram pela teologia maldita que impregna nossa geração, é teologia que exlclui a entrega, o sacrifício e dor.

Nenhum dos apóstolos eram aventureiros desvairados; não vejo na praxis da vida cristã dos irmãos dos primeiros séculos espaço para demonstrações de exibicionismo espiritual puro e simples; nunca li que os avivalistas ou reformadores queriam só sucesso e fama; jamais encontrei nas histórias ou relatos de missionários que eles estavam buscando apenas uma experiência repleta de adrenalina. Não... Definitivamente não há nenhum problema com estes que citei! O problema é que nossas igrejas estão “cheias de gente vazia”! Pessoas vazias de propósitos espirituais; vazias de amor sacrificial; vazias de real preocupação pela Causa do Mestre; vazios de sincera consideração pelos irmãos na fé; vazios do Espírito Santo; vazios de visão do Reino; e o que é pior, vazios de Santo temor!
Aqueles que citei inicialmente tinham as mesmas preocupações e ocupações que temos (ou mais). Porém, penso que eles tinham algo que muitos dos cristãos em nossos dias nunca tiveram, ou já perderam há muito: O desejo por uma vida além das situações e ocupações cotidianas, repetitivas e cômodas. - pr Aécio

“...se fostes ressusitados com Cristo, buscai as coisas que são de cima...” – Cl 3.1

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

TENTAÇÃO

"Em seu livro Temptation (Tentação), Dietrich Bonhoeffer atinge sabiamente o coração do problema om o qual você e eu, como Davi, lutamos:

Existe em nós uma inclinação latente para o desejo, a qual desperta súbita e ardentemente. Com poder irresistível, o desejo domina a carne. A carne queima e arde. Não faz diferená que seja um desejo sexual, ambição, vaidade, desejo de vinganá, amor pela fama e poder, ou cobiça pelo dinheiro...

Neste momento Deus é praticamente irreal para nós. (Lemnre-se destas palavras.) Ele perde toda a realidade e só o desejo pela criatura é real. A única realidade é o diabo. Satánás não nos enche aqui com ódio de Deus, mas nos faz esquecer d'Ele... A cobiça assim despertada envolve a mente e a vontade do homem na mais profunda escuridão. Os poderes das discriminações e das decisões claras são tirados de nós. As perguntas logo se apresentam: 'O desejo da carne é realmente pecado neste caso?' e 'É realmente proibido para mim, esperado de mim agora, em minha situação particular, satisfazer o desejo...'É aqui que tudo dentro de mim se levanta contra a Palavra de Deus... Portanto, a Bíblia ensina que em tempos de tentação da carne, há um só mandamento: Fuja da fornicação. Fuja da Idolatria. Fuja das paixões da juventude. Fuja da sensualidade do mundo. Não é posível resistir a Satanás nessas ocasiões senão fugindo. Todo esforço contra a cobiça em nossas próprias forças está condenado ao fracasso.

Se você não correr irá cair. É só uma questão de tempo"

Extraído do livro: Davi - Um homem Segundo o Coração de Deus / Charles Swindoll - Ed. Mundo Cristão (pgs. 230 e 231 da 3a edição)

domingo, 8 de novembro de 2009

AGENDA - 09 À 15 DE NOVEMBRO

Com o slogan "Ibero, igreja feliz!", temos a intenção de motivar os cristãos a redescobrirem o saudável hábito de congregar e participar de maneira mais efetiva dos cultos e demais atividades da congregação. Cremos que isto poderá contribuir para a melhoria da qualidade de vida em todos os aspectos!

video

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

DIGA "NÃO" À DITADURA GAY

É a grande oportunidade de você manifestar sua indignação contra esta idéia tola de criar uma super raça. O Senado Federal disponibilizou uma enquete para que as pessoas se manifestem sobre a PLC 122/2006 - Projeto de Lei que criminaliza o "preconceito" contra homossexuais. Na verdade eles não querem apenas criminalizar o suposto preconceito, mas rechaçar toda manifestação e opinião divergente, como se todo o restantante das pessoas (não gays) fossem anormais. Querem colocar uma mordaça multicolorida na boca de todos os que discordam daquilo que a Bíblia condena.

Basta clicar no link abaixo e procurar a enquete logo abaixo à direita e dizer "NÃO"!
DIGA NÃO